Carta ao frango com batata doce

Oi Nutri,

 

Este é um e-mail um pouco diferente, para agradecer você que tem me acompanhado em diversos momentos por aqui e nas minhas redes sociais.

 

É um e-mail para você nutricionista que atende em consultório e fica muito irritada com os modismos que surgem a cada hora.

Para você que sente que as dietas da moda atrapalham os seus resultados e de seus pacientes.

 

Quantas vezes você, apesar de estudar tanto, se especializar, sentiu que a blogueira ou a revista de dieta tinham mais autoridade do que você?

Ou não se sentiu valorizada por pregar uma alimentação equilibrada como a melhor forma de ter resultados? Ou negou algum paciente porque ele só queria alguém que orientasse “jejum”, “detox”, “cetogênica”? Quantas vezes você ficou horas procurando receitas na internet porque alguém te pediu algo “low carb” e “high fat”?

Quantas vezes você perdeu uma parte da consulta tirando dúvidas sobre as dietas da moda que não tem fundamento nenhum? Ou tentando convencer o seu paciente que reeducação alimentar é muito melhor do que dieta restritiva?

 

Tudo isso por conta dos padrões de dieta loucas, milagrosas e com resultados impossíveis que são divulgadas pela na internet.

 

Pensando nisso, resolvi escrever uma carta para o frango com batata doce. A dieta mais popular dos praticantes de atividade física.

 

~.~

 

CARTA AO FRANGO COM BATATA DOCE

 

Querido frango e querida batata doce,

 

Eu queria dizer para vocês que fico muito feliz com a fama que fizeram.

E quero agradecer vocês dois, por realmente terem ajudado muitas pessoas a atingir seus objetivos.

 

Agradeço à vocês também, por terem este papel tão importante em ajudar a difundir que, com receitas simples e ridiculamente práticas, é possível ter resultado.

 

Agradeço a você também Sr. Frango, por incentivar muitos homens a seguirem uma dieta.

 

E a você Sra. Batata, por fornecer carboidrato todos os dias para o treino dos atletas.

 

De verdade, obrigada MESMO por existirem!

 

Sei bem que vocês aparecem na vida das pessoas quando elas querem uma coisa simples.

E não tem problema nenhum. Vocês realmente fazem o que prometem.

 

PRATICIDADE.

POUCO TEMPO NA COZINHA.

FACILIDADE.

RESULTADOS A CURTO PRAZO.

 

Só é uma pena, uma pena mesmo, que viver de frango com batata doce a vida inteira não dá.

O Sr. Frango, tem muitas proteínas, zinco e ferro. Porém é pobre em fibras. Da uma travadinha no intestino, não é?

A Sra. Batata, é bem gostosa, mas é um carboidrato simples. E, não tem quase nenhuma vitamina. E estou sendo simpática.

Juntos, vocês dois fornecem energia, calorias e vitamina B12.

 

Mas tem coisas, que só a Sra. Dieta equilibrada pode oferecer. Como a possibilidade de segui-la por muitos anos.

 

Senhor Frango e Senhora Batata Doce,

 

Vocês fizeram muito pelas pessoas.

 

Vou até lembrar alguns feitos que vocês conseguiram:

 

O Marcelo, aquele engenheiro eletricista, que nunca tinha cozinhado, passou a preparar a comida dele. Aprendeu a cozinhar e adquiriu disciplina, gastando pouco dinheiro e pouco tempo na cozinha. Hoje, ele cozinha de tudo, tem uma alimentação variada, equilibrada e até lava a própria louça.

 

A Gabriela, a esteticista que só comida na rua, passou a levar as marmitinhas dela no trabalho. E com isso, perdeu 7Kg. Não consome mais tanto sódio, corantes e frituras. Parou até com o refrigerante.

 

E Vanessa, lembra? A médica, que não gostava se seguir nenhuma regra na alimentação. Já tinha abandonado várias dietas, aprendeu que com consistência, é possível ter resultado. E manter. Te contei? A pele dela está cada vez mais linda.

 

Sr. Frango e Sra. Batata doce, continuem por aí.

Ensinando tanto sobre organização, disciplina, simplicidade, praticidade, economia e resultado para os nossos paciente e para nós nutricionistas.

Continuem firmes nos seus objetivos.

 

Atenciosamente,

 

A nutri veg.

~.~

E ai, topa escrever uma carta para o frango e a batata doce?

Ou para alguma dieta da moda ou mito da nutrição que te dá nos nervos?

Pode ser libertador !

 

Partiu?

 

Um beijo,

 

Vanessa Menck

Leave a Reply